Blog

Depreciação da Lavoura: O Que É?

Entende-se como depreciação a perda de valor de um bem decorrente de seu uso, do desgaste natural ou de sua obsolescência.

No caso do agronegócio, tudo aquilo que compõe a produção está sujeito a depreciar com o tempo. Como exemplos podemos citar máquinas, utensílios, implementos, instalações, lavouras…

A depreciação da lavoura considera culturas que utilizam a terra por mais de um ano, como cana-de-açúcar, café, laranja, entre outros. Ocorre com essas culturas porque ao término da vida útil da plantação, o produtor deve ter dinheiro para renová-la.

Essa depreciação é calculada considerando os custos totais gastos para a formação da lavoura, além do tempo de vida útil médio da produção, considerando também gastos com mudas e sementes, atividades de plantio e insumos. É diluído pelos anos de vida útil a partir da primeira colheita.

A principal importância de calcular a depreciação da lavoura é saber quanto de capital o bem vai perder ao longo da vida útil e garantir esse recurso no futuro. Caso o produtor não leve isso em consideração, ao realizar uma reforma por exemplo, não haverá dinheiro em caixa para essa finalidade.

Quer saber mais como aplicar esse conceito na sua lavoura e evitar transtornos futuros e solicitação de empréstimos sem necessidade? Conte com o suporte uma consultoria contábil especializada.

Nós podemos ajudar.

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Nossos contatos:
(44) 3262-0730
(44) 99972-7347
cliente@agridata.com.br

Onde estamos:
Av. Herval, 235 – Loja 4
Maringá-PR | 87013-110

AGRIDATA Contabilidade Rural Ltda
CRC-PR nº 005.202/O-1

Contador responsável: Valdecir Mokwa
CRC-PR nº 027.954-O/5